Sexta-feira, 07 de Agosto de 2020
Brasil - Mundo

Vacinas contra Covid-19 poderão ser aprovadas com mais rapidez após resultados de testes, diz cientista da OMS

Publicada em 24/07/20 às 14:49h - 136 visualizações

por G1 - Filó Notícias.Net


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: Reprodução)

Vacinas contra a Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus, poderão ser aprovadas com mais rapidez após resultados de testes indicarem segurança na imunização, afirmou a cientista-chefe da Organização Mundial da Saúde (OMS), Soumya Swaminathan, nesta sexta-feira (24).

Swaminathan disse que os testes sobre a eficácia e segurança das vacinas – um processo que geralmente leva anos – poderão ser acelerados para seis meses em meio à pandemia, caso os dados tenham informação suficiente para emitir registros.

Ainda assim, disse ela, a segurança será fundamental.

"Embora a velocidade seja importante, ela não pode acontecer ao custo da comprovação dos padrões de eficácia e segurança", disse ela. "Não é o caso de que a primeira vacina será apressadamente injetada em milhões de pessoas sem estabelecer se realmente protege e se é suficientemente segura para uso em larga escala na população", afirmou Swaminathan .

Vacinas com testes avançados

Na segunda-feira (20), duas vacinas contra a Covid-19 – a de Oxford e da chinesa CanSino – tiveram resultados positivos em estudos preliminares. Ambas apresentaram resposta imune ao vírus e bons índices de segurança.

Os resultados são dos ensaios clínicos ainda em fase preliminar (fase 1 e fase 2). É no ensaio de fase 3, com um número maior de participantes, que a eficácia da vacina é comprovada em uma população maior, antes de considerar sua comercialização em larga escala (leia mais abaixo).

'Otimismo', 'cautela' e 'resultado esperado': especialistas avaliam avanços nas pesquisas de vacinas contra a Covid

Para que reguladores aprovem uma vacina, os desenvolvedores terão de acompanhar os voluntários dos ensaios clínicos por meses e demonstrar que há poucas infecções entre as pessoas que receberem a vacina na comparação com aqueles que receberam um placebo.

"Gostaríamos de ver a maior taxa de proteção possível – entre 80% e 90% – isso seria fantástico", disse ela.

Swaminathan alertou que somente um pequeno número de potenciais vacinas contra a Covid-19 deve passar por todos os estágios de testes e ser aprovado para uso.

"Temos um conjunto bastante robusto de candidatas a vacina, o que é excelente, porque normalmente a taxa de sucesso é de cerca de 10%", afirmou.

Indagada se o mundo poderia superar a pandemia de coronavírus sem uma vacina, Swaminathan disse que buscar a "imunidade de rebanho" seria mortal.

'Não precisamos esperar por uma vacina, podemos salvar vidas agora', diz diretor-geral da OMS sobre a pandemia

Cerca de 60% de uma população precisa ser infectada para adquirir a imunidade de rebanho, disse ela, um patamar que faria com que muitas pessoas morressem da doença.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (87) 9-9661-1561

Visitas: 8057604
Usuários Online: 81
Copyright (c) 2020 - Filó Notícias.Net - Filó Noticias.Net Conectando você ao Mundo das Informações.